Identificação De Fatores De Risco Local E Sistêmico Em Pacientes Com Periodontite Crônica: Estudo Retrospectivo

Título: IDENTIFICAÇÃO DE FATORES DE RISCO LOCAL E SISTÊMICO EM PACIENTES COM PERIODONTITE CRÔNICA: ESTUDO RETROSPECTIVO
Data: 2006
Autor: Manuella Passani Palhares
Orientador: Profa. Ana Sílvia de Melo Valença
Coorientador: Profa. Dra. Estela Santos Gusmão
Resumo: Com o objetivo de avaliar a ocorrência de pacientes com periodontite crônica e identificar os fatores de risco local e sistêmico, foram avaliados 122 prontuários clínicos de pacientes de ambos os sexos, inscritos nas clínicas dos Cursos de Especialização e Aperfeiçoamento em Periodontia, da Escola de Aperfeiçoamento Profissional – EAP-ABO/PE. Os dados obtidos foram registrados em uma ficha elaborada especificamente para esta pesquisa e submetidos à análise estatística descritiva e inferencial para a composição dos resultados. O estudo mostrou que 58,2% dos pacientes tinham periodontite crônica moderada; 91,8% tinham algum fator de retenção de placa associado, sendo as restaurações inadequadas e os dentes mal posicionados os mais freqüentes; 65,6% dos avaliados tinham algum fator sistêmico relacionado, onde a hipertensão, tabagismo e estresse foram os mais freqüentes, e foi revelada uma associação significante (p= 0,0003) entre a faixa etária e a ocorrência de fatores sistêmicos, e o percentual de pacientes com doenças sistêmicas aumentou com a idade. Concluiu-se, portanto, a associação de vários fatores associados a periodontite crônica, caracterizando, portanto, uma multiplicidade e complexidade de fatores na etiopatogenia da doença periodontal.