Utilização De Fibras De Reforço De Vidro Na Clínica Odontológica

Título: UTILIZAÇÃO DE FIBRAS DE REFORÇO DE VIDRO NA CLÍNICA ODONTOLÓGICA
Data: 2006
Autor: Valéria Vanda Carvalho Marins
Orientador: Prof. Dr. Eduardo Borges da Costa Leite
Coorientador:
Resumo: Com o avanço dos materiais restauradores, conseguimos excelência em estética e economia da estrutura dentária remanescente. A mídia acaba trazendo muitas informações aos pacientes, sobre as possíveis alternativas estéticas do tratamento odontológico, como durabilidade e ausência de metal. Estes pacientes, então, buscam ansiosos em nossos consultórios, a solução de seus problemas estéticos. As alternativas restauradoras adesivas disponíveis atualmente são múltiplas, traduzindo um avanço da tecnologia e das técnicas de emprego dos biomateriais. O melhor entendimento do comportamento biomecânico dos elementos dentais, somado à filosofia de máxima preservação dos tecidos e à exigência cada vez maior de procedimentos clínicos que favoreçam um resultado estético satisfatório, através de técnicas mais ágeis e , ao mesmo tempo, com melhor performance clinica, nos leva a novos paradigmas restauradores . As próteses reforçadas com fibras têm se mostrado como uma alternativa nas reabilitações orais, apresentando resistência adequada e estética favorável, além de suas propriedades adesivas que favorecem a cimentação. Neste estudo procuramos nos deter aos tratamentos diretos feitos com o emprego das fibras, tanto de forma permanente como de forma provisória, através de uma revisão da literatura mostrando pesquisas. Bastante versáteis, são indicadas para uso em Dentística, Prótese, Periodontia e até mesmo Ortodontia, substituindo o emprego do metal em todas essas especialidades, acompanhado a tendência atual de maximizar a estética em todas as áreas, primando pelo desgaste mínimo das estruturas dentais, e com a importante vantagem de ser um tratamento reversível, podendo ser trocado futuramente caso haja indicação, bem como possibilitando ajustes e reparos quando necessários.